LARRY

Quando mudamos para Cincinnati, como sempre procuramos
uma Igreja. Achamos a Igreja "All Saints" que ficava no
mesmo bairro onde morávamos.
Um dia, passeando um pouco mais longe,
deparamos com a Igreja chamada "Good Sheppard". Nós a
achamos linda por fora, cercada de um lindo gramado,
muito moderna, e resolvemos assistir uma missa.
Lembro tão bem a primeira! A Patti era pequenininha,
então ficávamos no fundo num lugar reservado
especialmente para as crianças.
Deste lugar, podia ouvir a voz maravilhosa desse cantor.
Ela atravessava qualquer parede, e me trazia aquele "conforto", aquela "vibração interna", aquela enorme emoção!
Resolvemos ir no outro domingo nessa mesma missa e
assim continuamos, até que sentimos haver
"mudado" de Igreja. Ela tinha tudo a ver conosco.
Um dia depois da missa me aproximei dele para perguntar
se ele tinha algum CD gravado. Já não me bastava ouvi-lo aos domingos. Queria ouvir em casa, ou no carro. Ele,
então, me deu o endereço de uma senhora que vendia seus
CD's. Pronto! A conexão com Larry estava feita.
Fui lá, comprei seus CD's, inclusive para levá-los de
presente à minha família no Brasil.
Aos domingos tornou-se habitual cumprimentá-lo
depois da missa. Começamos a conhecer
este homem de alma maravilhosa.
Larry é uma pessoa tão doce! Seu modo de andar,
falar, sua educação, ternura para todos que
se aproximam dele, é sua "marca".
Tenho IMENSO amor por ele.
Meus domingos nunca mais serão os mesmos
se não ouvi-lo cantar. Com seu abraço
carinhoso, seu beijo, seu sorriso meigo.
Larry canta nesta Igreja há 15 anos. Sua vida
profissional, breve relatarei em outra página. Nela,
constará seu website, que, neste momento, está sendo feito.

Obrigada meu querido Larry, por encher nossa vida de AMOR!


Mary Fioratti



Edição: 05.02.04


®
Mary Martins Fioratti
- Direitos Reservados © - 2004