Quando duas almas se encontram,
se tocam, se entrelaçam,
um milagre aconteceu!
Naquele momento raro,
não existe o apelo do sexo,
da matéria,
nem a volúpia,
nem o desejo físico
de possuir,
mas o inefável prazer
da consolidação do amor
em sua essência mais pura.
É a espécie de amor que tantos
procuram,
e quase nunca encontram,
mas persistem na espera
de o milagre acontecer...
Entretanto, ele aconteceu conosco,
no momento em que nossos caminhos
se cruzaram,
na primeira vez em que nos vimos,
no calor de tuas mãos
ao estreitarem as minhas,
no doce encantamento
do primeiro beijo...
Necessito perpetuar esse milagre
em minha vida,
maravilhar-me a cada dia
com a explosão desse sentimento
que transformou o tédio em que eu vivia,
em luminosos e ensolarados dias,
onde o entrosamento perfeito
dessa parceria,
me faz sentir, cada vez mais,
abençoada!...

® Mary M. Fioratti - Direitos Reservados © - 2004