AMOR

Não posso viver sem amor
Ele é a água
que mata minha sede
Ele é o ar
que não me deixa morrer
É a imagem
que eu guardo na retina
É o sonho
que eu tenho e que recordo
Ele preenche meu espaço
Sufoca o meu "eu"
E ao mesmo tempo
completa minh'alma.
É a dor, o sofrimento
que me dá prazer
É a alegria
que me enlouquece
É a lágrima
Que me faz renascer...

Mary Fioratti





Edição: 15.01.04

® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004