ILUSÃO

Sinto uma necessidade
de ver seu rosto
e percorrer com meus dedos
todos seus detalhes

Sinto um apelo mudo
de olhar seus olhos
e tocar sua alma
com meu desejo

Apenas com um olhar
sem nem um gesto
tocar nossas emoções
com uma ternura desmedida

Sinto uma paixão
Uma vontade tão louca
De sentir o seu corpo no meu
E beijar lentamente sua boca

Delicadamente meu pensamento
toca sua lembrança
com tanto medo que a realidade
mostre a verdade desta ilusão..

E evidencie a certeza
de que somos "dois"
cada um com seu destino
e destrua a esperança
em meu coração...


Mary Fioratti








Edição: 24.01.04


® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004