Quero ferir você
Ferir com palavras
Magoá-lo
Para que você sofra
Como eu sofro
Minhas palavras de amor
São entrecortadas
com soluços de lanças afiadas
querendo penetrar
No ámago de seu coração
Cada palavra sua que eu leio
Me leva a sonhar....
que doce enleio!
E meus olhos em desespero
Cheios de dor
Procuram entre as linhas
Aquelas antigas e tão minhas
Frases de amor!
Procuro um sinal
Por menor que seja
Entre as vírgulas, os pontos,
ou as reticências....
Muitas vezes um simples parênteses
mesmo mostrando seu amargor
Vindo de dentro do seu peito
Este meu coração que não tem jeito
Transforma-o em uma palavra de amor
Enfio minha lança afiada em sua alma
E em um conflito terrível
Choro sozinha
Pelo seu sofrimento
Querendo tomar seu rosto em minhas mãos
Beijar sua boca
Colar meu corpo no seu corpo
E lhe pedir perdão!
Quero ferir você..... e tanto!
Mas entenda que este meu amor
Precisa desesperadamente do seu pranto
Para que eu possa nele
Afogar a minha dor...


Mary Fioratti




 



Edição: 17.05.04

® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004.