Preciso ir...

Sinto muito ter que agora
Olhar seu rosto..
E ir embora
Seguir caminhos nunca seguidos
Sorrir sorrisos nunca sentidos

Ver a distância
Sem medir meus passos
Andar sem rumo
Sem seus abraços

Sinto dizer palavras tristes
E nem poder tocar suas mãos
Ter que partir
Partir sem voltar...
Deixar para trás tudo que foi nosso
Fazer do futuro uma incerteza

Sinto muito mas vou partir
Bastaria uma palavra sua
Para que eu ficasse
Mas você se tranca dentro de si mesmo
Isolou-se de tudo e fez do seu mundo
Um mundo a parte..
Onde não vejo lugar para mim.

Quero ficar
Mas sinto dizer
Preciso ir...

Mary Fioratti



Edição: 29.01.04

® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004