UM SER SINGULAR

(Poesia Dedicada ao meu Querido
Amigo Moacir Sader)


Conheci um ser singular
Coração singular
Alma singular
Sua poesia transcende
Sua própria existência
E em tão pouco tempo aprendi
O entendimento deste singular
A cada alma que conhece
Este ser especial
Guarda uma ternura incontida
Em seu coração...tão singular
Usa o verbo amar
No amplo sentido de sua essência
Conjuga a fraternidade
Jogando versos em sua caminhada
Como se fossem flores
Este ser singular
Mergulha em sua própria alma
Buscando o melhor de si
Para dar...
Sente almas e corações
Como se fossem seus....
Divide a fraternidade
Sua herança especial
Recebida de Deus

Mary Fioratti


 

Edição: 30.06.04

® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004