Ali ele está
invisível na forma
mas presente
atrás de sua cortina
de sonhos
extasia-se com palavras
Ri das alegrias
chora com as tristezas
enquanto seus olhos
incrivelmente doces
se detem
em um jornal
recheado de notícias
O telefone toca
e ele atende
enquanto rabisca a folha
estuda a posição da foto
olha pela janela
atravessa o olhar na tela
como um ser
incrivelmente vivo...
Coracao assolado
de sentimentos diversos
que se misturam
em poções mágicas
do existir
Busca de uma forma
racional
a explicação das notícias do jornal
enquanto seus olhos
se deitam suaves
fazendo o poema para uma musa
num romantismo
cheio de delícias...
Quer fazer dez coisas
ao mesmo tempo
realizar-se de diversas
formas e jeitos
Tropeça nos pensamentos
e de repente os expõe
de uma forma magnífica!
Assim éque eu vejo você
Sozinho em seu mundo
Um "sozinho" cheio de gente
que o respeita e o admira
Esse menino brilhante
que vive entre notícias,
racionalismo,
liberalismo, justiça,
e que de repente
pára e olha
uma borboleta que voa
uma figura que passa
fita o horizonte e pára...
em uma música que toca
chora pelo amigo
que vai embora
e emociona-se fazendo poesia
para uma mulher que chora




Clésio: Nao há palavras que defina o que
desejo para você hoje meu querido.
Imagine algo... e será realizado!
Um beijo carinhoso da
Mary





Edição: 25.09.04

® Mary Martins Fioratti - Direitos Reservados © - 2004