LEGADO DE AMOR

Tantas coisas suas
Restaram nos meus pedaços
Suas cartas de amor
Os seus abraços
E aquela parte de sua alma
Que como uma peça
De um quebra-cabeças
Encaixou-se na minha
Tantas coisas suas
Ficaram eternizadas
Dentro da meu bau
De recordações
A sua voz inesquecível
(Fecho os olhos e a escuto)
As suas músicas prediletas
Aquele verso mudo
Onde você descreveu tudo
Sem dizer uma só palavra
Ficou o cheiro de sua alma
Nas minhas roupas
A essência de sua ternura
Perdida nas minhas poesias
Tantas coisas suas
Que hoje são minhas
Seus pensamentos
Suas palavras, seu sorriso
Que plantados como sementes vivas
Tornaram a minha alma florida
Como um legado de amor
Deixado como um bordado
Em uma herança de vida

 


Edição: 16.02.04


® Mary Martins Fioratti Direitos Reservados © - 2004.